terça-feira, 18 de março de 2008

Os direitos inalienáveis do leitor

1- O direito de não ler.
2– O direito de saltar páginas.
3– O direito de não acabar um livro.
4– O direito de reler.
5– O direito de ler não importa o quê.
6– O direito de amar os “heróis” dos romances.
7– O direito de ler não importa onde.
8– O direito de saltar de livro em livro.
9– O direito de ler em voz alta.
10– O direito de não falar do que se leu.

In
Como um romance, Daniel Pennac












1 comentário:

Agar disse...

Sem dúvida, sempre a surpreender.
Continua :)